15 dezembro 2011

Opinião - CD Imaginaerum - Nightwish




Bem, depois de ver a tradução das músicas, eu não podia deixar passar.

Esse CD, que saiu esse ano, ficou... Ficou... Maravilhoso.

Teorias de Conspiração - Capítulo 22: Mais Estranha Que O Normal

Sentei num pulo assim que acordei, olhando ao redor, ainda com a visão fresca em meus olhos. Eu piscava e via a silhueta da cena da luta e o corpo da Fada no chão.

Em seguida, apalpei minha barriga, sentindo debaixo do tecido da roupa limpa cheirando a amaciante, gaze onde os ferimentos deviam estar. Mas não doía.

E então, percebi Rashne, ajoelhado ao lado da cama, as mãos apoiadas no colchão, os olhos firmemente fechados e murmurando algum feitiço incansavelmente. Não me dei ao trabalho de tentar traduzir.

− Rashne? – sussurrei, tocando um de seus ombros. Ele abriu os olhos imediatamente, e assim que me viu, soltou uma exclamação que presumi que era de felicidade, sentou na cama num pulo e me abraçou com força, apenas tomando cuidado com as minhas asas.

Teorias de Conspiração - Capítulo 21: "Te Vejo no Inferno"

Com um sinal da Gnoma, o Djin enrolou meu pescoço numa chave de braço muito forte, pressionando minhas asas – doeu pra burro! Você me paga por machucar as minhas asas, Djin filho duma égua!

Eu não resisti, porque sabia que não adiantaria nada.

Ela segurou meu queixo, apertando minhas bochechas e me fazendo olhar para ela.

− Você não pode escapar, Fadinha. Você vai morrer hoje. Diga adeus à todos que conhece. – ela sussurrou, de um jeito que me deu arrepios e uma vontade louca de sair correndo – embora eu não pudesse por causa do Djin.

Raças: Gnomos

Primeiro Gnomo: Oberon (Vivo e não, ele não era Rei das Fadas como Shakespeare disse. E Titânia era uma Banshee, irmã de Aine, como eu já disse)


Subdivisões:

Gnomos Caçadores (Eles caçam. Mais alguma especificação?)

Anões (Gnomos Mineradores e Ferreiros)

Leprechauns (Gnomos do Fim do Arco-Íris e ourives. Suas jóias são excelentes e caríssimas. Foi um deles que forjou o Anel dos Nibelungos – não, não foi um Anão, embora a mãe do cara fosse uma Anã. Sabe, aquele que dá domínio sobre o mundo... Não me perguntem o que foi feito desse anel porque eles nunca falaram)

Duendes (Gnomos de Jardim. Também são conhecidos como Fogo-Fátuo, Pixie, Boggart, Brownie, Bwbach, Bwca, Domovik, Gabija, Kobold, Mamur, Portune, Colt Pixie, El Nuberu, Ellyon, Fada da Água, Fada da Floresta, Fada das Flores, Heather Pixie, Homem Verde, Jack Frost, Lunantishee, Povo da Floresta, Tangle, Skank, Syba, Abatwa, Bogle, Calllicantzaroi, Chin Chin Kobakama, Kabouter, Menehune, Vardogl, Yumbo e provavelmente mais algum que eu esqueci ou simplesmente não descobri . Esse tanto de nomes é porque eles variam muito em aparência e personalidade, dependendo de onde vivem. E sim, para minha infelicidade, são muito confundidos com Fadas também, assim como as Fatum)


Gnomos Caçadores (Conhecidos como GoldenEyes)

Características Físicas:

Olhos dourados parecendo ouro derretido

Cabelos lisos, mas volumosos, cor de goiabeira

Orelhas muito longas e pontudas

Traços longos/belos/afilados (Ambos)

Pele pálida, geralmente com cicatrizes de batalha

Baixinhos e fortes com músculos aparentes. As mulheres costumam ter corpos voluptuosos


Raças: Demônios Persas

Primeiro: Ahriman (Desaparecido, embora alguns digam que está morto)

Subdivisões:

Azuras

Daevas


Azuras (HurtEyes)

Características Físicas:

Olhos de um azul muito claro. Poderiam ser confundidos com olhos de um Ahura, não fossem as pupilas vermelhas e o fato da íris parecer sangrar devido às veias vermelhas que partem dela. Por isso são chamados de HurtEyes: porque parece que seus olhos estão feridos.

Pele muito clara, com veias azuladas aparecendo

Cabelos negros com brilho avermelhado, geralmente ondulados

Altos e magros, quase esqueléticos

Traços angulosos e finos, quase pontiagudos

Olhos rodeados de Kohol


Personagens: Kai/Djin

Mais de dois mil anos nas costas, esse Djin, que já foi um Mago, atraiu através de rituais de magia uma Daeva que já foi uma Celestial, o que tornou-o no que ele é hoje. Apesar de ter sido um Mago, já era fiel aos demônios e tornou-se um mediador de pactos. Não sabe-se exatamente o que ele pretende. A única certeza é que ele serve à alguém com muitos planos.


Altura: 2,05m

Peso: 106 Kg

Olhos: Azul claro que brilham de forma que parecem causa dor

Cabelos: raspados

Pele: pálida de tom azulado, coberta de diversos símbolos

Características próprias: Nenhuma à destacar

Raças: Possuídos

Subdivisões:

Efreets

Djins

Possuídos no geral


Efreets: (Devido à dificuldade de identificar um Elemental Possuído, por causa da inexistência de luta entre a mente do Daeva e do Elemental, não é possível dar um nome de acordo com os olhos)

Características Físicas:

Características do Elemental possuído, apenas os olhos adquirindo um brilho maléfico pelo que dizem.


Características Psicológicas:

Perdões pela demora...

É, eu sei, devia ter postado boa parte das coisas semana passada...

Mas, bem, quinta tinha Aula da Saudade, Sexta foi a marcha de quem pagou pra isso do 3º ano (conhecido popularmente como Complexo) e sábado foi o Baile, que eu fui como convidada. Eu tinha de arrumar minha roupa pro baile, né?

Venhamos e convenhamos...

Depois de dançar da meia noite até as quatro da manhã, com aquele som alto, minhas pernas ficaram reclamando até segunda à noite, e meus ouvidos pareciam que iam explodir... Pra vocês terem uma ideia, quando eu cheguei em casa (lá pelas 5 da matina) tava chovendo, e conforme a água ia batendo no teto e etc, eu jurava que batia no ritmo de uma das músicas eletrônicas que tocaram o.o

E eu nunca tinha ido em uma festa desse tipo, sério. Acho que pode-se dizer que foi a primeira e última vez que fui numa balada. Não, nunca fui em baladas.

Não fiquei com a famosa ressaca porque não bebi nada além de um copo de coca e um de água, nas duas vezes que parei de dançar pra pegar fôlego. E pretendo nunca colocar álcool na boca... Só vinho na santa-ceia e olhe lá. É, nem champanhe no Ano Novo eu tomo.

Só fiquei chateada que, tipo assim, estavamos numa rodinha dançando feito doidos, e nenhum dos meus amigos me chamou pra dançar quando tocou música que dava pra dançar de par T-T

Ah sim, e eu só atraio caras cafajestes ou que conseguem ser mais tímidos que eu. Não vou entrar em detalhes, mas foi à essa conclusão que cheguei durante o baile u.u

Acho que já enchi demais o saco... xP

Beijos de Fadas!

28 novembro 2011

Personagens: Adriane/Gnoma Caçadora

Como um professor da Stacy disse uma vez, “nos menores frascos não estão os melhores perfumes, mas sim os piores venenos”, é uma frase que se aplica perfeitamente à essa GoldenEyes. Cheia de mágoa, ódio, fúria, é uma Gnoma amargurada, atormentada pelo passado, que deseja mais do que tudo alcançar sua vingança para com as Fadas, e fará tudo que puder para tal, inclusive vender a própria alma.


Altura: 1,43 m

Peso: 43 Kg

Olhos: Dourados

Cabelos: Curtos, cor de goiabeira, esvoaçantes

Pele: Pálida

Características Próprias: Orelhas muito longas e pontudas, rosto marcado com cicatrizes provocadas por ácido, cicatrizes diversas de batalha ao longo do corpo.

Teorias de Conspiração - Capítulo 20: Dia de Sorte

Sabe... Tiro o chapéu pra Thaíze. Ela conseguiu arrumar meus horários – tenho dormido melhor, mas o índio com olhos de ametista continua apare-cendo nos meus sonhos – voltei a render no treinamento de magia e melhorei bastante com as adagas e também no corpo a corpo. Além disso, minha pele não tem mais mancha nenhuma e todo o mais – mas ainda sou meio tábua. Só meu cabelo continua igual. E minha voz tá mais afinada, ao menos pra cantar, embora para as Sereias continue a mesma voz de taquara rachada de sempre...

E minhas asas! Elas tinham parado de crescer, mas agora já passaram um pouquinho dos meus ombros! Até arrisco mexê-las de vez em quando... É bem diferente, mas é legal! Mal vejo a hora delas alcançarem o tamanho ideal para eu voar!

Raças: Sereias (OceanEyes)

Primeiro: Oceanus (origem não apenas das Sereias, mas de todos os seres do mar)


Características Físicas:

Olhos azul-marinho

Cabelos lisos, loiros ou ruivos

Pele branca, levemente azulada, com uma aparência um pouco escamosa

Dentes levemente pontudos

Trocam as pernas por caudas de peixe

Respiram debaixo da água por causa das guelras que se abrem no pescoço, embora respirem melhor em água salgada do que doce

Traços tipicamente gregos


Características Psicológicas:

Patricinhas e mauricinhos até o último fio de cabelo

Metidos

Meio burrinhos (São loiros na grande maioria, o que podíamos esperar)

Apesar disso, possuem uma lógica estranhamente válida na maior parte das vezes

Vaidosos

Alguns possuem vontade de ajudar os outros


Maior afinidade: Feitiços e encantos ilusórios e relacionados à água


Sociedade:

Costumam ser ricos

Costumam serem atores de Hollywood

Se não são um ou outro, costumam viver em praias

E se nem viver em praias vivem, são as aberrações em seu próprio mundinho

É, apesar de todos serem Patricinhas e Mauricinhos, nem todos são ricos até o último fio de cabelo


Atração Natural: Nome não Encontrado. Apenas uma vaga menção à seres capazes de se transformarem no que bem entenderem. Não, não são Doppelgängers.


Dom Natural: Respirar debaixo da água e trocar as pernas por rabo de peixe e vice-versa.

Personagens: Thaíze Oliveira



Sereia, dezesseis anos, patricinha. Houve uma época que bastava isso para definir Thaíze, mas depois de se aproximar de Stacy para ajudá-la com os feitiços e encantos típicos de Sereias, mostrou-se também uma amiga para todas as horas, do tipo que gosta de fazer algumas piadinhas e faz bico sempre que alguém lhe contradiz ou algo assim. Stacy a tem em alto conceito e passou a confiar nela, embora tenha de se esforçar para ignorar seus momentos de patricinha, nos quais ela tende à ser histérica, e não soltar uma maldição que faça seu cabelo cair. Sereias têm os próprios cabelos em alta conta.


Altura: 1,65 m

Peso: 53 Kg

Olhos: Azul-marinho

Cabelos: Loiro claro, liso e sempre com aparência hidratada

Pele: Branca, mas levemente azulada

Características Próprias: Dentes levemente pontudos; respira debaixo da água; pode trocar as pernas por uma cauda de peixe quando quer; canta muito bem.

Modelo: Miranda Otto

Teorias de Conspiração - Capítulo 19: Sereias São Legais!

Ai meu Deus eterno! Teorias, juro que vou enlouquecer! Jurojurojurojuro!

Por algum acaso você tem a resposta de por que um ser – porque ele não é “apenas” um cara, isso é óbvio – como o Rashne iria, sem eu ter que ameaçá-lo, ser tão prestativo e me ajudar com feitiços de teleporte e, ainda por cima, me ajudar a manejar as adagas decentemente? – coisa que, aliás, é bem mais difícil do que parece quando não deixo a magia nelas se manifestar...

Eu juro que piro se ele entrar de novo pela porta da minha casa pra me ajudar! – mais do que já pirei, detalhe.

E o pior é que parece que EU NÃO PROGRIDO MAIS!

Selo 3

Oieeee

Bem, eu devia ter postado semana passada, mas eu tinha de me preparar pra viagem pra Brasília e estudar pelo menos um pouco pra segunda fase da Federal.

Mas, enfim, vamos lá...


Regrinhas

a) Linkar o blog que o criou: Reader Girl

b) Informar de quem ganhou: Livros Fantasy

c) Responder essas perguntinhas:


Qual autor(a) que para você é um estouro?

J. R. R. Tolkien, C. S. Lewis, George R. R. Martin, John Flannagan, Clive Cussler, Cassandra Clare, Raphael Draccon… Tantos…


Qual casal de mocinhos que para você é pura dinamite?

Will e Alyss (Rangers)

Halt e Pauline (Rangers)

Dirk Pitt e a Senadora lá que esqueci o nome (Livros do Clive Cussler)

Clary e Jace (Os Instrumentos Mortais)

Ariane e João (Dragões de Éter)

Axel Branford e a Princesa Elfa que esqueci o nome (Dragões de Éter)


Qual situação da sua vida que daria um livro-estouro?

Nenhuma... Vida monótona a minha...


Quais as músicas que fazem seus ouvidos explodirem?

Funk, Axé, sertanejo do tipo universitário, hip hop do tipo que Snoop Dog canta.


Quais as bandas, ou cantores(as) que para você arrebentam?

Nightwish, Sirenia, Lacuna Coil, Evanescence, Gabriel o Pensador, Tokyo Hotel, Rita Lee, Xandria, Emile Autumn, 30 Seconds to Mars, Leaves' Eyes


d) Indicar a meme para outros seis blogs:

Aflorecer

Amanda Steilen

Thunder's Empire

Inspirados

Mundo Emerso FC

Nova Ordem Society

17 novembro 2011

Reflexão Sobre Ônibus

O Monstro do Ônibus

Tenshi acaba de chegar à duas possibilidades sobre o motivo que leva os Goianos a se acumularem na frente do busão, no espaço entre a catraca e a porta do meio, enquanto o fundo está mais vazio que meu colégio durante os jogos internos.

A primeira: O povão gosta de ficar espremido, passando calor e sentindo os cheiros um dos outros.

A segunda: Tem um monstro carnívoro que gosta de se alimentar de goianos indefesos e incautos que se esconde no fundo do ônibus.

Provavelmente a segunda, já que só gente de outras cidades, no máximo estudantes, vão para o fundo...


Detalhe: quem fica na frente, obstruindo a passagem, é quem desce no ponto final. Pobres de nós, pobres mortais e paulistanos, que sobem aqui e descem ali, pra conseguir chegar até a bendita porta.

14 novembro 2011

Teorias de Conspiração - Capítulo 18: Fravashis São Mais Legais Que Elfos!

Durante TODO o almoço, Rashne ficou me olhando. Às vezes franzia as sobrancelhas, mas parecia muito interessado na minha pessoa. O que, obviamente, não passou despercebido por Devon, papai, Sammuel ou Eshe.

Papai e Devon cortaram um pedaço da carne como se estivessem cortando o pescoço de alguém – Sério. Sammuel mastigava algo crocante como se fosse um orc mastigando os ossos da última vítima. Aquilo tudo me deu medo.

E Eshe olhava para Sammuel como se estivesse tentando entender onde tinha errado – talvez ele achasse que agora o Sammuel ia me deixar em paz depois do fora.

11 novembro 2011

Último Dia de Aula

Tá, nem sei direito o que vim fazer aqui...

Mas, bem, minhas aulas acabaram hoje...

Ao mesmo tempo que to feliz porque vou dormir até mais tarde e não vou mais ver a cara dos militares, to mega triste porque não sei quando vou ver de novo esse povo que estudou por três anos comigo... Todo mundo passando pelo mesmo todo santo dia, cinco dias por semana: a enxeção de saco do Marcelo (mas eu gosto dele, esse cara é muito legal, vai deixar saudade), as meninas de TPM, o jeito “machão” da Pri, o jeito de minininha da Ananda, o povo aprontando poucas e boas pra me tirar da minha soneca (ou só aprontando mesmo sem fim específico), a Jéssica e o Higor “brigando” (embora eu, o Caixa d’água(1) e o Zé(2) tenhamos certeza de que eles vão casar u.u), eu e o Àtoa(3) chamando um ao outro de Àtoa, a Bianca com seus “sem contatos físicos” (mas foi uma das que mais abraçou o povo), enfim, tanta coisa, mas tanta coisa... É difícil dizer adeus à essa parte da vida...

E o típico evento de assinar camisetas... Eu não tinha ideia do que assinar na camiseta do povo. Não por falta de palavras, mas porque elas eram muitas... Não estava conseguindo colocar em poucas palavras o que sentia pelo povo... Até que surgiram duas palavrinhas que, à meu ver, conseguiram dizer o quanto vou sentir falta deles e cada um sempre vai estar em meus pensamentos, como sempre estiveram desde que os conheci, e sempre vou continuar torcendo pelo sucesso de todos: Te dolu. Dolu todos vocês, não importa se os conheço pela internet ou cara a cara. Sempre, sempre, sempre, vou torcer pelo sucesso e pela felicidade de vocês. E o que mais me emocionou foi chegar em casa e ir ler minha camiseta (o povo só tinha assinado nas costas xD) e ver que vários mencionaram o fato de eu desenhar ou escrever. Caramba, não era sempre que eu mencionava minhas histórias, e eles lembrarem me deixou, assim... Caramba, eu tinha conseguido não chorar, mas nessa hora não deu: as lágrimas vieram.

Bem, acho que é só isso...

Deixa eu ir enxugar as lágrimas...

Beijos de Fadas!
 
1- O nome dele é César. Não tenho ideia de onde surgiu esse apelido.
 
2- O Filipe. Nada haver, eu sei, e também não sei de onde saiu.
 
3- O Márcio. "Àtoa" porque falamon que nós dois não fazemos nada xD Eu que dei esse apelido =P

07 novembro 2011

Teorias de Conspiração - Capítulo 17: Rashne

Logo depois que Sammuel foi para a cozinha, Eshe apareceu e sentou no apoio de braço da poltrona.

− O que aconteceu? – ele perguntou com um tom preocupado. Eu nem reparei na cara de Sammuel quando ele saiu; talvez algo na expressão dele tenha ativado o sensor de super irmão de Eshe. Ok, isso soou muito estranho.

Suspirei e fiquei quieta por alguns segundos antes de responder.

Personagens: Rashne Mahtab



Irmão mais velho de Alessa, mestre de Stacy. Na maior parte do tempo é um cara calmo, mas, segundo Stacy, é bipolar até a alma, tendo momentos em que é um dos seres mais convencidos e sedutores da face da terra. Filho de um Ahura e de uma Fravartin, é considerado um Fravartin sangue-puro e é poderoso até mesmo entre os Fravashis no geral. Não vai muito com a cara do pai pois considera que ele se aproveitou de sua mãe, mas o respeita por ser um dos primeiros e realiza os trabalhos para os quais é chamado. Tendo criado Alessa desde que ela tinha cinco anos, tirou o sobrenome da mãe deles e colocou o sobrenome que o pai queria que ele usasse. Nunca contou qual era o sobrenome da mãe.


Altura: 1,89 m

Peso: 80 Kg

Olhos: Azul-claro de céu de verão

Cabelos: Loiro bem claro, curto e repicado, com uma mecha mais comprida do lado direito que costuma ter um enfeite dourado ou azul

Pele: Morena de sol

Características Próprias: Tatuagem de asas nas costas, cicatriz fina na testa do lado esquerdo, coberta pela franja, provinda do acidente de carro que matou a mãe.

Modelo: Chris Hemsworth

Personagens: Alessa Mahtab

Irmã caçula de Rashne, mestra e namorada de Devon. Tem cerca de 50 anos, mas parece ter no máximo 20. É bem calma e não costuma fazer muitas perguntas. Stacy não consegue conversar com ela normalmente – não se acostuma com o fato de ela ser bem mais velha do que parece. Filha de um Humano e de uma Fravartin, foi criada por Rashne, já que a mãe deles morreu quando ela tinha cinco anos por causa de um acidente de carro (mas não mencione isso à nenhum dos dois, eles não gostam de falar sobre o assunto) e o pai fugiu quando a mãe disse que estava grávida (humanos...).


Altura: 1,76m

Peso: 63 Kg

Olhos: Azul-claro de céu de verão

Cabelos: Loiro bem claro, repicado e curto, com mechas mais compridas rente às laterais do rosto

Pele: Branca, mas levemente morena de sol

Características Próprias: Tatuagens que vão dos ombros até o umbigo em formato de triângulo de símbolos mágicos relacionados à magia Fravartin, tatuagem de asa branca de pássaro do lado esquerdo nas costas.

Raças: Celestiais Persas

Primeiro: Ahura-Mazda (Desaparecido)

Ahuras

Fravashis


Ahuras (HeavenEyes. Motivo: Provavelmente porque são os únicos seres que vêem o paraíso e andam na terra quando bem querem. Ah sim, e possuem um corpo material, diferente dos Anjos, Arcanjos, etc)

Características Físicas:

Olhos de um azul muito, muito claro, quase branco.

Pele levemente morena

Cabelos loiros muito, muito claros, quase brancos.

Porte felino

Costumam rodear os olhos de preto (o nome é kohol, não rímel ou lápis ¬¬)

Rostos expressivos


Características Psicológicas:

Controladores em relação aos filhos (Rashne que disse)

Um pouco saidinhos demais (meio paradoxal, afinal, são celestiais o.ô’)

Calmos na maior parte do tempo

Escondem muito bem os sentimentos

Quanto mais velho, mais paranóico (Rashne disse que o pai dele é MUITO paranóico)

Heróicos demais


Maior afinidade: Feitiços e encantos relacionados ao tempo (Sim, eles podem viajar pro passado e paralisar o tempo)


Atração Natural: Fravashis (Meio estranho, já que tecnicamente eles são irmãos... Enfim...)


Fravashis (SkyEyes)

Características Físicas:

Olhos azul bem claro, como um céu de verão no litoral

Cabelos loiro bem claro, mas não tanto quanto Ahuras

Pele um pouco mais escura do que de Ahuras

Porte felino, mais altos que Ahuras

Também costumam usar kohol

Rostos ainda mais expressivos que de Ahuras (Provavelmente, porque não escondem tanto os sentimentos)


Características Psicológicas: (Baseado em Rashne e Alessa)

Bipolares

Fieis

Protetores

Possessivos

Um “pouquinho” sedutores

Provocadores

Escondem relativamente bem os sentimentos


Maior afinidade: Feitiços e Encantos relacionados ao Espaço (aumentar o espaço interior de algo, teleporte, portais, etc...)


Atração Natural: Ahuras


Pertinente à ambos:

Sociedade:

Ahuras vivem no paraíso, com os filhos e maridos/esposas Ahuras, com raras exceções

Esses mesmos Ahuras costumam dar pulinhos na Terra e ter filhos com Fravashis e humanos (saidinhos, não disse?)

Fravashis vivem na Terra, mesmo aqueles cujos pais são Ahuras

Fravashis costumam ser convocados para missões por Ahuras, geralmente para encontrar algum artefato ou acabar com um Daeva ou Azura que está causando problemas. Geralmente esses Ahuras são seus pais.

Ahuras mais velhos podem tirar o Dom Natural de um Ahura/Fravartin, transformando-os em Daevas ou até mesmo Azuras.

Ahuras com filhos Fravashis podem ascender esses filhos à Ahuras


Dom Natural: Consolar os aflitos e etc, fazendo com que sua aura de paz adentre a pessoa. É algo meio abstrato, e é essa a maior diferença entre eles e Azuras e Daevas. Além disso, são capazes de ressuscitar pessoas que não fizeram a travessia, cuja alma e espírito ainda atravessam o Mundo dos Mortos.

06 novembro 2011

Aberto o Blog: Saga The War

Hum, ok, eu queria esperar até de manhã...

Mas não consegui! *se estapeia*

Declaro aberto, oficialmente, o Blog da saga The War *-*

O Prólogo será postado segunda feira \o/

04 novembro 2011

Enchendo o saco, previsões, músicas...

Olá, povo!

Tenshi tem andando bem ausente, eu sei...

É, bem, o Vestibular da Federal tá chegando (dia 13) e essa semana, não sei em qual dia, exatamente, são minhas últimas provas do colégio, Química e Sociologia. E tenho de tirar uma nota boa em Sociologia. E tenho um trabalho sobre a Escola de Frankfurt, de Filosofia, pra fazer. E um outro de Biologia que eu e meu grupo devíamos ter tirado uma foto e trabalho em cima dela (parte que ficaria por minha conta, já que sou a que melhor domino photoshop e etc no grupo) pra ficar de acordo com o que a prof pediu, mas não o fizemos, então, acho que ferrou...

Se eu não tivesse encucado com a palavra “organismo” na prova dela, talvez eu tivesse mais uma questão correta... D’Arvit.

Bem, pelo menos uma coisa boa: finalmente alcancei a série Artemis Fowl e agora é só esperar sair o oitavo! *-* Bem, tomara que tenha oitavo livro... Quer dizer, pow, NÃO PODE terminar em complexo de Atlântida! Artemis e Holly só trocaram UM beijo a série inteira! Ele têm de terminar de juntos! T-T (De preferência, sem o Órion interferindo e falando aquelas frases cafonas pra Holly... Sério, apesar de ser sincero com os próprios sentimentos, deu nos nervos...)

Só sei que ando muito, muito, muuuuuuuito de boa. Sério. Abstrai tanto desses trens do colégio... Ontem, como praticamente não teve aula (e eu sabia que seria assim e só fui porque era isso ou minha vó me torrando a paciência aqui em casa), sentei lá no fundo pela primeira vez em meses, me apoiei na parede com uma perna em cima de outra cadeira e dormi de boa. Tipo, sempre pesco na aula, mas nunca tinha dormido tão na cara e por querer o.o

Detalhe: ainda falta eu ler Memórias de um Sargento de Milícias. E espero lembrar de tudo sobre os outros livros na hora da prova, porque não releio nenhum deles (ok, talvez Obra Completa de Murilo Rubião, os contos são legais) nem que me paguem. Nesse exato instante, enquanto ouço As Quatro Estações de Vivaldi, em busca de inspiração, tento me encorajar para ler Memórias...

O problema é que em momento algum a sinopse me atraiu. E nem tudo que meus amigos falaram pra me encorajar a ler.

Mas, assim como tive de assistir A Lenda dos Guardiões pra prova de Espanhol (pra análise, nada haver com a matéria em si), que em momento algum os trailers me atraíram, eu tenho de ler Memórias.

Ah sim: e achei Lenda dos Guardiões algo comum. A única diferença é que usa corujas.

Ganho muito mais relendo Marked, Touched e Haunted, trilogia de one-shots em inglês de Dragon Age 2 que usam Hawke/Female/Mage e Fenris, apesar da alta carga dramática em Touched e Haunted – principalmente Haunted. Ou então relendo os até agora 84 capítulo de O Destino de Muitos, de Senhor dos Anéis, ou qualquer fanfic da Sadie. Talvez porque essas fanfics são as que mais me fizeram chorar até hoje, e nem mesmo livros conseguiram (Talvez Lua Nova, mas eu era idiota na época). Sei lá, Tenshi é muito dramática, trágica e prefere coisas assim desde que levou um fora no Primeiro Ano u.u (na verdade, primeiro fora e primeira paixão combinados, fazer o quê...)

Não, não é trauma. É só que cansei das coisas bonitinhas, porque a vida não é bonitinha...

Ok, me chamem de... De... Ah, vocês vão pensar na palavra ideal...

Tá legal, já enchi demais o saco... Eu devo estar aqui por algum motivo específico, certo?

Na verdade, não... Só me deu vontade de encher o saco depois de ler Complexo de Atlântida, antes de resolver reler Artemis Fowl pra escrever uma resenha decente sobre a série, apesar de ter de terminar de ler Sétimo e Ouro Inca (este mal sai do começo... E olha que gosto de Clive Cussler. Um dia escrevo uma resenha sobre os livros dele...). Ok, vou ter problemas pra resgatar os outros livros de Artemis Fowl em alguma das três fileiras de livros que ocupam a minha prateleira dedicada a tal... Aquela prateleira está tão abarrotada de livros, com vários indo por cima dos outros porque não tem mais espaço... Tá, é uma questão de organização, mas ainda assim... Uma hora tiro uma foto da dita prateleira e coloco aqui... Ah sim: e tem alguns livros (Tipo Dragões de Éter) que estão na estante do corredor, que abriga os livros coletivos (Agatha Christie, Umberto Eco, etc etc etc)

Mas pra não ficar tãããããããoooo à toa...

O banner de The War saído do forno (falta só uns ajustes no design de cores e fundo do blog... Se minha net contribuir e carregar o editor, já que não mecho com código HTML, acho que abro o blog semana que vem), um pedaço de um capítulo do primeiro livro e as músicas ideais para se ouvir enquanto lê Teorias!

Primeiramente, as músicas...


Balada do Louco – Rita Lee


Dizem que sou louca

Por pensar assim

Se sou muito louca

Por eu ser feliz

Mas louco é quem me diz!

E não é feliz!

Não é feliz...


Se eles são bonitos

Eu sou Sharon Stone

Se eles são famosos

I'm Rolling Stone

Mas louco é quem me diz!

E não é feliz!

Não é feliz...


Eu juro que é melhor

Não ser um normal

Se eu posso pensar

Que Deus, sou eu..


Se eles têm três carros

Eu posso voar

Se eles rezam muito

Eu sou santa!

Eu já estou no céu

Mas louco é quem me diz!

E não é feliz!

Não é feliz...


Eu juro que é melhor

Não ser um normal

Se eu posso pensar

Que Deus, sou eu...


Sim! Sou muito louca

Não vou me curar

Já não sou a única

Que encontrou a paz

Mas louco é quem me diz!

E não é feliz!

Eu sou feliz!...


Só Os Loucos Sabem – Charlie Brown Jr.


Agora eu sei exatamente o que fazer

vou recomeçar, poder contar com você

Pois eu me lembro de tudo irmão, eu estava lá também

Um homem quando está em paz não quer guerra com ninguém


Eu segurei minhas lágrimas, pois não queria demonstrar a emoção

Já que estava ali só pra observar e aprender um pouco mais sobre a percepção

Eles dizem que é impossível encontrar o amor sem perder a razão

Mas pra quem tem pensamento forte o impossível é só questão de opinião


E disso os loucos sabem

Só os loucos sabem

Disso os loucos sabem

Só os loucos sabem


Toda positividade eu desejo a você

pois precisamos disso nos dias de luta

O medo segue os nossos sonhos

O medo segue os nossos sonhos


Menina linda, eu quero morar na sua rua

Você deixou saudade

Você deixou saudade

Quero te ver outra vez

Quero te ver outra vez

Você deixou saudade


Agora eu sei exatamente o que fazer

vou recomeçar, poder contar com você

Pois eu me lembro de tudo irmão, eu estava lá também

Um homem quando esta em paz não quer guerra com ninguém


Without a Reason – Lacuna Coil


Will you wash my feet again

With the tears I've cried out

Will you save me from my selfishness

Feels like talking to a wall

In this universe I'm lost.

As I keep on searching on and on without a reason


Here I come to show you

Our power is your heart

I'm melting into you

A destiny so cruel


In the journey of my existence

I felt strong in my beliefs

Could I find a better way to this reality

Feels like talking to a wall

In this universe and I'm lost

As I keep on searching on and on without a reason


Here I come to show you

Our power is your heart

I'm melting into you

A destiny so cruel


Feels like talking to a wall

Feels like talking to a wall


I'm melting into you

A destiny so cruel


Feels like talking to a wall

Feels like talking to a wall

Feels like talking to a wall

Feels like talking to a wall


Sem Uma Razão


Você irá lavar meus pés novamente

Com as lágrimas que eu chorei

Irá me salvar do meu egoísmo

Sinto como se estivesse falando com uma parede

Neste universo que estou perdido

Enquanto continuo e continuo procurando sem uma razão


Aqui eu venho para te mostrar

Que nosso poder é seu coração

Eu estou derretendo dentro de você

Um destino tão cruel


Na jornada da minha existência

Eu me sinto forte nas minhas crenças

Posso eu achar um jeito melhor para esta realidade

Sinto como se estivesse falando com uma parede

Neste universo que estou perdido

Enquanto continuo e continuo procurando sem uma razão


Aqui eu venho para te mostrar

Que nosso poder é seu coração

Eu estou derretendo dentro de você

Um destino tão cruel


Sinto como se estivesse falando com uma parede

Sinto como se estivesse falando com uma parede

Eu estou derretendo dentro de você

Um destino tão cruel


Sinto como se estivesse falando com uma parede

Sinto como se estivesse falando com uma parede

Sinto como se estivesse falando com uma parede

Sinto como se estivesse falando com uma parede

(Sim, eu sei, o cenário ficou podre... Tenho de praticar mais)

Trecho do capítulo 3: Lembrar, do livro I: Arely A Mensageira


- Você sabe que só admito sua presença em meu clã por honrar meu ancestral que foi seu irmão de transformação, não sabe? – Adrien balançou a cabeça lentamente. Tomás, o rapaz do lado esquerdo no quadro, fora transformado pelo mesmo Lobisomem que Adrien. Enquanto vivo, ele e Tomás foram melhores amigos, o que parecia agradar Joseph, o mestre deles, enquanto também era vivo. – E sabe que também lhe sou grato por trazer Aldina para o nosso clã quando meu pai ainda era o Alfa, pois ela veio a se tornar minha companheira, não sabe? – Adrien mudou de posição, desconfortável. Tinha a sensação de que não gostaria da resposta. – Isso não quer dizer que vou lhe dar permissão para se aproximar dela. – não havia vestígios de sorriso algum nos lábios de Alexei. Ele estava sinceramente irritado com o outro Lycan. – Que outro seja o Consorte dela. Que outro tire as vidas que ela não pode tirar. Talvez, assim, ela acabe sobrevivendo e possa exercer o papel para o qual nasceu.

Adrien suspirou e se ergueu, entendendo a relutância do outro, sendo lembrado mais uma vez que sempre falhava – não por sua culpa, mas por causa daquele que tanto tempo atrás fora seu irmão gêmeo. Andou em direção a porta, mas parou no meio do caminho, como que se lembrando de algo.

- Você sabe que, se eu não respeitasse os Alfas e Betas, teria ignorado todos os interessados nela, me aproximado, seduzido-a e levado-a para longe, e venceria facilmente qualquer filhote que tentasse me impedir, não sabe? – viu Alexei trancar o maxilar. Sim, ele era consciente que ele era capaz daquilo. – E sabe tão bem quanto eu que Louis vai chamar ajuda se ela realmente é um deles, não sabe? – o Alfa fechou os olhos, e a impressão que dava era que queria poder trancar os ouvidos. – Esses filhotes vão saber protegê-la de Bruxos? Vão saber que não estão lidando com um Vampiro qualquer, mas com um que teve quinhentos anos para praticar como executar filhotes do jeito mais eficiente possível, e como corromper aqueles iguais à ela? E quem quer que se torne Consorte dela, vai saber como protegê-la das vozes enquanto Arely não se provar digna de dominar seus dons? Vai saber a hora certa de ela enfrentar seus medos? A hora certa...

- Chega. – o Alfa murmurou, parecendo cansado. – Chega... – abaixou a cabeça, olhando para os próprios pés. – Acha que não considerei isso tudo? Não posso simplesmente ignorar todos os Alfas e Betas interessados nela e te dar permissão... Se fosse algum outro Observador, e não você, talvez... Mas ninguém gosta de você, porque você sempre se mete nos assuntos dos outros Clãs... Além disso, desistiram da Guerra... Há tanto que os velhos Líderes e Guerreiros não nascem, que acham que estão extintos. E que assim, já perdemos... E se ela for um dos velhos Líderes... Ela sequer fez quinze anos ainda. – os lábios eram uma fina linha de insatisfação. Era óbvio que não concordava com o que os demais clãs pensavam.

Adrien suspirou. Não culpava os clãs por acharem que a Guerra já estava perdida. Não mesmo. Tanto tempo com a Guerra naquele empate irritante acaba com qualquer um. Mas ele ainda tinha esperança.

- Lembre-os que as Portas do Inferno só podem ser abertas por seu Guardião. Lembre-os que os Vampiros e Bruxos continuam procurando o Guardião, e que cedo ou tarde irão encontrar, e lembre-os do que vai acontecer se eles conseguirem soltar quem está lá dentro... – Ia andar, mas pareceu lembrar-se de algo. – Alexandre acredita que encontrou a Ômega. E Jean... Parece que os Wyverns escolheram uma Amazona após tanto tempo.

E saiu, sem parar para ver o olhar esperançoso que surgiu no rosto de Alexei.


E é isso *-*

Por favor, digam que esse trecho de “Arely” deixou vocês curiosos! T-T Sejam sinceros! Levei um tempo pra achar um pedaço que demonstrasse um pouco a história!


Beijos de Fadas!

Teorias de Conspiração - Capítulo 16: Elfos Puros São Grandes Idiotas

Realmente, a casa da meio-Fravartin mestra do Devon não ficava muito longe. Era uma casa simples que não chamava atenção entre casas de gente mais abastada. Uma batata entre rosas, quase posso ouvir Eshe falando. Ugh! Temos que correr! Só Deus sabe como eles estão agora!

Toquei a campainha, e, nem dez segundos depois, já a tocava de novo. Qualé! To desesperada! Meus melhores amigos tão em perigo!

Uma mulher com o cabelo loiro e muito, muito claro, cortado todo repicado com mechas mais compridas na frente abriu a porta. Os olhos eram de um azul muito claro, como o céu de verão em Vitória, e estavam contornados de preto como se ela fosse egípcia ou pelo menos daquela região. A pele era levemente morena, e ela era magra e alta – da minha altura, mas um tanto mais musculosa, algo entre a anorexia e o fisiculturismo, meio estranho, eu sei. Ela era bonita, e eu percebia uma espécie de aura de paz e quase celestial nela.

26 outubro 2011

Selo 2

Tipo, eu devia ter postado isso semana passada, mas o ENEM me fez adiar isso u.u

Ganhei esse selo do blog Inspirados, novamente =P

Levei um tempinho pra conseguir montar uma lista satisfatória... Tenshi ama muuuuuuuitas coisas... Ainda mais porque algumas não tem como expressar...


Regras:- Colocar o link de quem te enviou.


- Postar 10 fotos das coisas que mais ama.

- E passar para 10 blogs amigos

Família


Livros


Jogos


Amigos


Escrever


Desenhar


Mitologia
(Imagem: Freyja, Mitologia Nórdica)


Natureza


Lobisomens


Dormir com Chuva


Tem mais coisas que mereciam estar aqui, mas Tenshi não sabe como colocá-las em imagens...

E como eu não sei direito qual selo cada um tem... Vou fazer que nem a Kmila: Pega aí quem quiser =P

Beijos de Fadas!

Teorias de Conspiração - Capítulo 15: Caixa do Tempo

Eu, Devon e Despertador olhávamos para o sobrado de classe média com calçada de pedra, uma das poucas coisas que o diferenciava das outras casas ao redor, tão iguais.

Era noite de lua cheia, e eu via a energia maligna de Kolshö es-correndo em direção à terra, esverdeada em tom venenoso. Tínhamos apenas até a meia-noite. Aproximadamente uma hora.

Eu e Devon fizemos pedra-papel-tesoura para ver quem tocaria a campainha da casa do meu professor de Geometria. E eu perdi. Droga! Eu devia saber que sempre perco em pedra-papel-tesoura...

18 outubro 2011

Raças: Lobisomens (MoonEyes)

Primeiro Lobisomem: Fenrir (Desaparecido)

Características Físicas (em se tratando de Sangue-Puro):

Pele escura, quase negra

Cabeços bem negros e cacheados, com alguns casos de cabelo ondulado a liso

Olhos azulados com um halo esverdeado (sangue-puro ou não). No caso dos Sangues-Puros, as cores dos olhos são mais fortes e brilhantes.

Altos

Traços típicos dos negros e dos italianos

Músculos desenvolvidos, sendo bem mais marcados nos homens

Mulheres com corpos voluptuosos

Quando transformados: Lobos do tamanho de leões, com o pêlo da cor dos cabelos, arrepiado, mandíbula forte e enorme.


Teorias de Conspiração - Capítulo 14: Olho Que Tudo Vê

Estávamos saindo do local, papai carregando a ânfora com as cinzas de mamãe – ele não deixara mais ninguém se aproximar – quando o grupo apareceu. Eu não gostei deles. Definitivamente. Eu nunca conheci gente que eu odiasse mais do que odeio a Thaíze. E isso é um prodígio, realmente.

Nós os reconhecemos porque tínhamos descoberto o que mamãe era. Caso contrário, jamais saberíamos o que eram. Devon disse que Vampiros estão entre as raças mais difíceis de se reconhecer. Apenas papai sabia quem ela era, de fato, e nunca contara a vovó. E eu, bem, eu só desconfiava... E sin-ceramente, a impressão que tive é que papai queria sair correndo quando os viu aparecerem.

Eram cinco, todos de olhos azul-elétrico e cabelos negros e lisos como os de mamãe. Vestiam-se de forma elegante com roupas de grife – um tipo do qual eu não gosto, prefiro ir fazer compras no Lojão do Brás. O do meio parecia ser o mais velho e o líder. Parecia ter uns quarenta anos, mas com certeza é mais velho. Mamãe tinha cem anos, mas parecia ter no máximo trinta. E papai... Nem sei quantos anos ele tem de fato!

Teorias de Conspiração - Capítulo 13: Santos de Vidro e Papel

Era mais do que óbvio que minha mãe se alimentou de meu sangue anos à fio. Era óbvio que meu pai também era sua vítima, ultimamente definhava mais que de costume – embora talvez fosse voluntário, vai saber. Devon talvez não fosse sua vítima. Mas qual o sentido disso?

Eu não sabia o que falar. Afinal, falar o que? Minha mãe é uma vampira! E não é uma vampira do tipo Crepúsculo, definitivamente...

Num dado momento, provavelmente por ter percebido que o quarto estava mais claro, ela ergueu a cabeça do ombro do meu pai e me olhou. O que eu via em seus olhos era... Vergonha? Medo? Eu jamais pensei em ver tais coisas nos olhos de minha mãe. Não Diane, a mãe Sargento mais linha-dura que já conheci. Apesar de que ela tem sido toda carinhosa comigo, mesmo com um olhar esfomeado de vez em quando...

Raças: Vampiros (EletricEyes)

Primeiro Vampiro: Érebus (Não, não foi Drácula. Drácula foi o mais famoso. E Desaparecido)

Características Físicas:

Cabelos lisos e negros

Olhos Azul-elétrico

Pele pálida, geralmente com algumas sardas

Altura mediana

Geralmente, magros de corpos proporcionais

Traços elegantes e nobres

16 outubro 2011

Primeiro Selo *-*

Uooou!!!!

Teorias ganhou um selo! O primeiro! UHU! *-*

Agradeço demais ao blog de Inspirados, minha mãe, meu pai, meus personagens... *sandália plataforma atinge cabeça e cai desmaiada*

Stacy: Caramba, mas essa menina não pára de falar? Ò.o

Eshe: Ela é uma pessoa alegre!

Sammuel: *olhando de rabo de olho pro irmão* Como alguém que conheço... ¬¬

Stacy: Realmente... Acho que sei em quem ela se inspirou na hora de definir a personalidade do Eshe... -.-

Tenshi: *Acordando* Ouch... Pow, se não queriam que eu desatasse à falar, bastasse falar ¬¬

Stacy: Ahã... Como se você fosse escutar *cínica*

Tenshi: è.e

Bem, vamos lá... Tenho perguntas a responder e blogs à indicar o selo *-* (Embora eu não tenha certeza se todos são do tipo que recebe selos...)



Nome: Gabrielle Vizcaino/Tenshi Aburame

Música: Melusine - Leaves' Eyes (Ok, vale QUALQUER MÚSICA do Leaves' Eyes, essa banda é PERFEITA!)

10 COISAS SOBRE MIM:

1- Louca por mitologia.
2- Não enxergo sem meus óculos.

3- Não gosto de histórias com muito nhenhenhe, personagens chatos e cuja aventura é meio sem noção ou algo morno demais (Para Sempre, Os Imortais u.u)

4- Louca por lobisomens e Lobos (sério, quero um lobisomem pra mim... Talvez um tipo Akira Inugami *-* [Mangá Wolf Guy])

5- Otaku até o último fio de cabelo e apaixonada por séries (Game of Thrones, Supernatural *-*)

6- Louca por jogos de RPG e jogos de espadas em geral (Mass Effect, Assassins Creed, Dragon Age, Prince of Persia... *-*) e um dia consigo um Garrus, um Thane (ME), um Zevran e um Fenris (DA) só pra mim u.u

7- Apaixonada por genética, história e cartografia

8- Cristã

9- Escrevo muito mais histórias do que conto à vocês (Tipo... 16 Saga/trilogias, 12 livros únicos e nãoseiquantas fanfics, ao todo. Um dia completo tudo u.u)

10- Odeio quando o marcador de páginas sai do livros (ou algum idiota tira do livro) e tenho de começar a ler de novo (Perdi a conta de quantas vezes aconteceu com Silmarillion... Até hoje não consegui terminar de ler ¬¬)


Humor: De boa, rilex e cheia das tiradas naturais e que não percebo, segundo meus amigos... É, não sei se sou mesmo assim, nunca parei pra pensar... -.-

Cores Favoritas: Preto e Lilás

Um seriado: Supernatural *-*

Frase ou Palavra mais dita por você: Não é uma frase ou palavra, exatamente... É mais um som de alguém se sufocando. Explicando: alguém faz uma tirada/fala besteira/xinga o professor/professor assassina o português/whatever, e sai esse som meio estranho de Tenshi tentando segurar o riso o.o

O que achou do selo: Fiquei MUITO surpresa e MUITO feliz *-*

***

Meus Indicados Para o Selo:

Taberna do Guerreiro

Livros Fantasy

Dragon Age BR

Os Herdeiros dos Titãs

Amanda Steilen

CDZ Comics

Contos da Era Heróica

Filhos do Pecado

Lua Negra

Mundo Emerso FC

Nova Ordem Society

Outrora

Página Perdida

Thunder's Empire

Parfait

Bem, deixa eu ir ver se consigo comunicar pelo menos alguns... u.u

Beijos de Fadas!

11 outubro 2011

Divulgação: BLOG Inspirados

É, bem, eu tenho um capítulo e um artigo de raças pra postar... Eu sei.

Mas eu não podia deixar passar!

Tipo, faz séculos que eu não paro pra vadiar e ler as histórias que acompanho no Nyah! Fanfiction (e todas são excelentes... Ainda nem consegui ler o último cap de Outrora que foi postado i-i) mas quando vi que tinha um novo seguidor e que esse seguidor se tratava do autor da belíssima história de Inspirados e que agora essa história tão "Wow!" tinha blog, eu não podia deixar de fazer a divulgação. Ah sim, e agora vi que tenho três ou quatro capítulos pra ler de Inspirados no Nyah!...

Editado: Agora Inspirados se trata de uma parceria, hm-hm u.u (expressão de Deidara)
Com vocês...

INSPIRADOS, por Pedro Almada



Entre livros e fatos, existe um mundo: o Meio-Termo. Uma mescla do irreal e imaginário, verdades e ilusões, onde o convencional não é aceito.

Os Inspirados são uma classe rara muito especial de humanos capazes de interferir nesse mundo intermediário a partir de suas habilidades sobrenaturais manifestadas de formas singulares, além da capacidade de atravessarem o Vazio e chegarem aos domínios do Meio-Termo.

Charlie Logan era apenas um jovem recluso e problemático, quando descobriu fazer parte desse seleto grupo. Mas seus reais problemas começaram no instante em que recebe uma carta de um homem misterioso, Dr. Sanguinetti. Sua única opção, agora, é encontrar o Andarilho do Tempo, e descobrir uma forma de encerrar o Despertar do Vazio.
 
Confira o BLOG!

Ps: Minha sorte é tão grande que amanhã, que é feriado, vou ter de acordar 5:30 da manhã porque aquele povo sonso do meu colégio resolveu de última hora que vai ter específicas... ¬¬ E ainda não falaram nada se ainda vai ou não ter específica sábado... Não estranhem se eu aparecer xingando o mundo. E dane-se! Cansei de me matar de estudar, estou indo tirar o atraso das histórias que sigo no NYAH! ò.ó E amanhã EU VOU assistir Os Três Mosqueteiros em 3D è.é

08 outubro 2011

Outra Saga by Tenshi... Saga THE WAR

Bem...

Tenshi tem uma imaginação fértil. Muito fértil.

E agora vim falar um pouquinho sobre uma ideia que me surgiu quatro anos atrás (e começo a achar que errei nas contas de quando surgiu Mundo Suspenso, mas dane-se), quando me mudei pra Goiânia.

Tipo assim... Eu estava irritada por ter de mudar de cidade e de estado. Foi assim que surgiu a primeira história dessa série que hoje se chama The War.

Não vou mentir: o nome que dei primeiramente para a personagem principal foi Gabrielle. A história era quase um diário das minhas frustrações e viagens na maionese.

E seria uma história de vampiros. Mas aí descobri Crepúsculo e decidi que ia fazer algo DIFERENTE.

Bem, o resultado é esse que vou lhes apresentar... O blog está sendo arrumado cuidadosamente, e quando estiver pronto, vou abri-lo ao público, tendo a saga de Arely, Natasha, Arwen e Sílvya contada à vocês...

Mas já quero apresentá-los um pouquinho pra história!



SAGA THE WAR

“E se todos ao seu redor fizessem o possível e o impossível para que você não derramasse o sangue de outros, não importa o quanto lhe machuque vê-los sofrendo por isso, apenas por que as palavras que saem de sua boca são enviadas pelo Divino e se corromperiam se você matasse?”

“Só se lembre de não confiar em Vampiros e Bruxos... Era o que sempre me repetiam.”



Livro 1: Arely – A Mensageira

Seu nome significava Mensageira de Deus.

Ela não tinha ideia do quanto aquele significado a representava.

Mas outros tinham. Outros sabiam.

E fariam de tudo para por as mãos nela e no que ela representava.

Pois quem controlasse um Mensageiro...

Controlaria a Guerra.

Tudo que Arely gostaria era de poder fechar os olhos e esquecer todo o mundo de hipócritas ao seu redor...

Tudo que Louis queria era poder e vencer a Guerra.

E tudo que Adrien queria era que ela nunca tivesse sido envolvida naquilo tudo... Ao menos, não tão já.

“Você enfrentaria seus maiores medos para provar ser digno dos dons que recebeu?”

06 outubro 2011

Teorias de Conspiração - Capítulo 12: EletricEyes

O mês que passei em Vitória passou voando.

Sério.

Não sei se foi porque passei o mês inteirinho treinando e socando informações sobre meu mundo na minha cabeça ou o que quer que seja. Foi difícil. Ainda é.

Tipo... Acho que não guardei direito metade do que li e ouvi... Tipo assim, minha memória nunca foi muito com a cara de uma coisa chamada “História”.

Resenha: Coração de Dragão




Ok, é um filme antigo.

Bem antigo.

Tá legal, o filme foi feito quando eu tinha dois anos de idade – ou menos.

Isso não muda o fato de que passou na Globo quando eu era pequena muuuuuitas vezes, e que eu AMAVA esse filme. Sério. É um dos meus filmes favoritos.

27 setembro 2011

Resenhas/Opiniões/Whatever

Bem, não sou muito boa com resenhas e etc, e eu realmente não pretendia escrever, mas me deu vontade de falar da opinião que tive de alguns filmes e livros. Só porque estou escrevendo uma opinião, não quer dizer que gostei. Mas conforme for dando na telha, vou escrevendo.

Hoje, vou falar um filme, e ia falar sobre apenas um livro, mas ao fazer meio que um paralelo de personagens de outro livro, acabou que ficou inserido dois livros. E vou começar pelos livros. E aviso: pode conter spoilers não intencionais (ou intencionais).

Para Sempre – Série os Imortais


Teorias de Conspiração - Capítulo 11: Stacy Mais Poder Igual à Guerra?

Eu estava quaaaaase dormindo. Já mal ouvia a respiração pesada de Despertador, deitado no chão, quando um barulho leve na porta chamou minha atenção. Não acordei de fato – oiii, eu estava exausta! – mas ainda assim resmunguei um "entre" meio abafado pelo travesseiro e pelo meu cabelo – que devia estar uma maravilha... – enquanto tentava abrir os olhos para ver meu visitante.

Fiquei surpresa ao meio que reconhecer a silhueta de Sammuel. Tipo, ele me ignorou nos últimos dois dias, o que veio fazer aqui?!

Resmunguei algo ininteligível enquanto tentava sentar, com as costas apoiadas na cabeceira – mesmo que isso provocasse uma dor leve por causa do começo das minhas asas. Esfreguei o rosto numa falha tentativa de acordar melhor, enquanto fazia sinal para Sammuel se aproximar e sentar na minha cama, já que ele tinha parado perto da porta depois de entrar. Quase como se não soubesse se realmente devia estar ali... Afff.

Teorias de Conspiração - Capítulo 10: Enfim...

É, Teorias... Em cinco dias, minha vida mudou mais do que nunca. Eu disse que tinha a sensação de que algo ia acontecer!

Agora, não posso nem olhar pela janela pra não ver pontinhos luminosos e coloridos esvoaçando perto dos completamente humanos – e outras coisas que não sei o que são... E são poucos os completamente humanos. Pratica-mente todos têm pelo menos uma gota de sangue que vem do mundo escondi-do pela Teia de Seda – o meu mundo. Esses pontinhos luminosos são Fatum. São quase como Fadas, mas não são – e são frequentemente confundidas com a gente, como os Duendes. Tipo, são elas que aparecem nas lendas como Fadas pequenas – e os Duendes também, mas isso não vem ao caso. É difícil explicar, mesmo que eu não entendi direito quando Eshe me contou. Parece que são rastros de invocações feitas por qualquer um que não se dissolveram completamente. Elas alimentam-se da essência que os humanos exalam – que é como a Aëke das Fadas, que é essência, mas tem nome próprio porque pode contaminar outras pessoas; é só por isso que cada raça tem um nome diferente pra essência que usam pra realizar magia. Em troca desse alimento, elas ficam sussurrando idéias, soluções, o que ele deve fazer, etc. Infelizmente pra eles, elas discordam muito entre si e isso complica a situação.

13 setembro 2011

Fanart - Pessoa igual à Stacy o.o

Oláoláoláolá! =D

Eu estava aqui, antes de ir na pizzaria pro niver das minhas amigas da sala, caçando umas imagens inspiradoras pra capa de Ossos de Dragões (é, nem terminei a de Teorias e já to pensando na de Ossos, mas enfim...) e achei um blog recente chamado The Faerie Model. Não me dei ao trabalho de traduzir o que a fotografa fala por que meu inglês estava lindo hoje, mas a modelo (que se chamar Nina dos Santos) é a cara da Stacy, especialmente nas fotos do post do link acima. Tipo, como a maior parte do povo, teria de mudar cores e etc, mas muito pouco e é a cara dela o.o Só o cabelo que não é tão blackpower, mas isso é fácil u.u

Então, fiz um fanart usando a foto que peguei lá =P

Todos os créditos para a fotógrafa Beth James. Só fiz algumas modificações típicas no photoscape u.u


Beijos de Fadas!

12 setembro 2011

Teorias de Conspiração - Capítulo 9: Falsa

Minha mente estava nublada, cheia de sonhos, pesadelos e pensamentos enevoados.

Eu não distinguia nada muito bem. Mapas, cidades distantes e antigas que eu não vira em lugar nenhum, pessoas que não eram pessoas, monstros dos confins da terra, tudo isso e muito mais passava diante de meus olhos, através da névoa espessa que não me deixava ver direito.

E então, formando-se na névoa, de frente para mim, uma moça, com um sorriso doce nos lábios que pareciam brilhar em tons de verde e cinza. Seus olhos eram bicolores, um verde-folha como o meu, o outro cinza-concreto. Os cabelos revoltos eram longos e cacheados, uma parte da cor dos meus, e a outra parte, cinza-chumbo. Sua pele parecia ser feita de porcelana tingida da cor das árvores que eu amava.

Teorias de Conspiração - Capítulo 8: No Sobrenatural é Mais Fácil

− Mas... Sendo o Despertador uma Mantícora... Com esse rabo cheio de espinhos... Por que minhas pernas não parecem uma peneira?! – perguntei para ninguém em especial, cruzando os braços e erguendo uma sobrancelha interrogativamente; afinal, Despertador dormia comigo.

Despertador, livre da Teia de Seda, estava deitado atrás de mim, no sofá de vovó, com a cabeça apoiada no meu ombro, de um jeito que mantia Sam-muel bem longe de mim. Cachorro ou Mantícora, ele gosta, e muito, de mim. E é ciumento feito meu irmão! Aff... Que que eu fui arranjar como bicho de esti-mação e guardião...

30 agosto 2011

Teorias de Conspiração - Capítulo 7: Teia de Seda Da Aranha Lunar Azul

A rua estava vazia. A igreja protestante estava com as luzes acesas e eu ouvia vozes de lá. Devia estar havendo um culto.

Paramos em frente ao portão branco e toquei a campainha. Devia ser umas sete e meia da noite.

− A avó dela sabe das coisas... – ouvi Eshe comentar com Sammuel num sussurro. Apurei os ouvidos para ouvir melhor – modo mexeriqueira onli-ne. – Uma casa ao lado de terreno sagrado... Dificulta para que Demônios no geral a encontrem... – me virei para ele enquanto esperava vovó vir abrir o por-tão – Não, eu não tenho uma cópia da chave. Como vovó quase não sai de casa, nem eu e nem Devon precisamos.

Raças: Doppelgängers (NothingEyes)

Primeiro Doppelgänger: Loki (Desaparecido)

Características Físicas:

Olhos cor de nada

Mudam sua aparência à seu bel prazer. Então, não dá pra definir muito como se parecem.


Características Psicológicas: (Baseando no que eu sei de Eshe)

Animados

Dificilmente sabem esconder seus sentimentos

Jeitinho meio inocente

Choram fácil

Fazem amigos facilmente


Maior Afinidade: Feitiços relacionados ao Vento.


Sociedade:

Costumam viver em cidades um tanto isoladas

Divididos em Clãs

Cada cidade possui uma Oráculo, uma Doppelgänger com grande afinidade com visões, que auxilia-os e dá conselhos.


Atração Natural: Lobisomens.


Dom Natural: Mudar de forma

Curiosidades: AMAM comer ratos. De preferência, crus. Não me perguntem porque gostam tanto, só sei que gostam.

23 agosto 2011

Momento: Auto Propagação =P

Oláoláoláolá!

Bem, eu sei, eu devia ter postado ontem, mas vida de vestibulando é uma droga e eu tinha de estudar e fazer tarefa. E eu ainda tenho de estudar e fazer tarefa, mas tanto faz... Além disso, gosto de revisar o cap mais uma vez antes de postar.

Vocês devem estar se perguntando o que eu estou fazendo aqui... Afinal, já passou das onze e eu devia estar me preparando pra dormir, mas, azar, amanhã é quarta e tenho de ir na dermatologista depois do colégio, o dia não vai render mesmo... u.u Só vai render a leitura de um dos livros do Vestibular... Enfim...

Eu vim aqui fazer propaganda de mim mesma. Ok, não de mim mesma, mas de uma de minhas muitas obras... Mas a segunda à ganhar blog.

Mundo Suspenso.

Mundo Suspenso surgiu antes mesmo de Teorias. E, justamente por estar sendo desenvolvida há seis anos (se não me engano), tenho muito mais cuidado com ela, lembrando com clareza das besteiras que saiam nela muito tempo atrás.

A história ganhou dimensões que eu não esperava. Além disso, os personagens também ganharam uma profundidade que eu não esperava. Agora que eu acho que consegui me organizar melhor com tudo, acho que consigo atualizar MS com certa frequencia, embora os capítulos com certeza passem por uma revisão monstruosa antes de serem postados. E com certeza vão passar por outra conforme eu for terminando as crônicas não tão crônicas.

E eu gostaria de compartilhar com vocês a história de Sarah Wolf, Thorne Farley, Garusa e Seik...



"Bem vindo ao Mundo Suspenso.
Cuidado por onde anda e com quem conversa. Ninguém é confiável quando se está no fim de uma Era, onde suas ações podem definir que raça dominará pelos próximos 3000 anos. Todos lutam contra todos. Todos querem vencer. Ninguém quer perder."

Esta não é uma história de amor. Não é uma história romântica. Tampouco uma história de amizade.

Mas sim uma história de confiança. De busca. De traição. De transformação.

De Salvação.

Livro 1: Guerras Perdidas

Crônica 1: O Príncipe-Vampiro

Sarah já tinha se acostumado a viver em Flamma, camuflada em meio aos humanos, mesmo que já não fizesse parte deles há treze anos. Ser raptada e levada para o palácio real, para ser interrogada por uma Serpente mudou tudo. E ser salva por Thorne também.



Mal esperava ela se ver confrontada pelo passado perdido dezenove anos atrás...

Abandoná-lo em nome do Futuro, ou deixar o Futuro perdido.

Essa foi sua primeira grande escolha
 
CONFIRA O BLOG
 
BEIJOS DE FADAS

Raças: Fadas

Atenção: Essa postagem pode conter spoilers. Leia somente se já tiver lido o cap 7 (eu sei, ele só sai semana que vem. *Risada maléfica do Deuteros). Ou se já estiver formando suas Teorias Conspiratórias sobre a história =P.


Primeira Fada: Aine de Knockaine (Viva)

Subdivisões:

Fadas das Florestas (O fato de sermos loucas nos levou a ser conhecidas como Fada do Absinto quando começamos a ir viver nas cidades. Sim, acabou coincidindo com a popularização do Absinto no século XIX, para o nosso azar)

Fadas das Cidades

Banshees (Parentes próximas, pois a primeira Banshee era Titânia, irmã de Aine, mas são consideradas Fadas. Chamadas antigamente de Bean Sidhe, que significa Dama da Paz ou Dama da Colina. Não sei porque, elas sempre viveram em Pântanos... Mas, enfim...)


Fadas das Florestas: (Conhecidas como LeavesEyes)


Características físicas:

Olhos Verde-Folha

Cabelos cacheados, ruivos com mexas alaranjadas e avermelhadas (Meu mano é uma exceção)

Orelhas com ponta discreta depois que os poderes despertam

Traços longos/afilados/marotos (ambos... Meu irmão é exceção [2])

Pele oliva-claro, quase branco (Meu irmão é exceção [3])

Altos

Corpos esguios e leves (Meu irmão é exceção... [4])


Características psicológicas:

Loucos na maior parte do tempo (EEEEE!!!!)

Amantes da natureza (Com certeza)

Compelidos à ajudar o próximo (meu karma)

Não gostam de ver os outros chorarem (meu 2º karma)

Gostam de doces (Com certeza! [2])

Não são muito bons com números (pois é... Sim, meu 3º karma. E o quarto é o Sammuel)


Maior Afinidade: Feitiços e encantos de cura e relacionados à Terra, especificamente fazer plantas crescerem. (Sou horrível nesse segundo... A Terra não gosta muito de mim)


Sociedade:

Divididos em família de forma semelhante à dos humanos

Costumam viver em cidades do interior

Uma rainha desde sempre: Aine

Mantícoras como guardiãs das famílias, em especial dos mais novos, sendo uma para cada casal com filhos.


Personagens: Eshe Kamaria


Meio-irmão caçula de Sammuel, filho de um Elfo Sangue-Puro e de uma Doppelgänger Sangue-Puro. Ou seja, é a mescla de dois Sangues-Puros. É muito inteligente – em especial teoria da Magia –, bom com magia em si e melhor ainda pra lutar com seu amado facão de caça que herdou do Vô Doppelgänger – facão que já caçou muitos dos encrenqueiros escondidos sob a Teia. Apesar de ser tão bonito quanto o irmão mais velho, tem uma personalidade que tem seus “Momento Emo”, como Stacy fala – momentos em que Eshe faz cara de gato do Shrek, começa a abraçar demais ou quando age feito irmão caçula e mimado – e que não combinam com sua aparência. Antes de conhecer Thaíze, falava muito para Stacy sobre uma Lobisomem Sangue-Puro chamada Phelan com quem praticamente cresceu, devido a amizade de suas mães – e provavelmente Eurídice fazia parte do círculo, considerando que é uma das melhores amigas da mãe de Eshe, mas isso nunca foi confirmado – e por quem sentia uma forte atração. Melhor amigo de Stacy, quase deixou a Fada louca quando contou que estava namorando Thaíze.


Altura: 1,80m (mas varia)

Peso: 65 Kg (mas varia)

Olhos: Um Cinza-tempestade, o outro sem cor (na realidade)

Cabelos: Ele costuma deixar negro com mechas pratas, mas pode mudar quando quiser.

Pele: Costuma deixá-la morena, como a do seu irmão mais velho.

Características Próprias: Pode mudar sua aparência a seu bel prazer, mas suas orelhas pontudas continuam. E aqueles com olhos mais apurados podem ver através da transformação. Pelo menos, em se tratando dos olhos.

Modelo: Steven Strait