12 março 2017

Dia da Mulher - As Personagens Femininas de Gabi

Encerrando a série dedicada ao dia da mulher...

Já respondemos uma TAG linda do BLU e já falamos de algumas das minhas personagens badass favoritas. Hoje vamos falar um pouco de algumas das personagens dos meus livros. Como é gente pra caramba (e não to brincando), escolhi algumas das protagonistas mais importantes dentro de seus universos apenas. No final, escolhi apenas cinco pelo meu próprio bem e pelo bem de vocês xD

Vamos lá?! :D


Stacy Greeneyes

Stacy com sua pele verde e black power ruivo
especialmente pra postagem
Protagonista do primeiro livro que terminei (e atualmente em reescrita, porque, Jesus amado, quanto furo), "Teorias de Conspiração", primeiro livro de "O Sangue dos Antigos", Stacy se descobre uma Fada com algumas gosta de sangue Vampiro com acesso a mais poder do que deveria (ELA NÃO É OVERPOWER. TRETAS A SEREM RESPONDIDAS AO LONGO DA SÉRIE). Ela é meio insana, gosta de atormentar, teimosa até dizer chega, guarda rancor que é uma maravilha, se vinga, tem pouca paciência e normalmente é meio respondona. Também ama demais a família e faz de tudo por eles, mas, bem... Os traços vampíricos raivosos e pirados de comportamento são maioria na maior parte do tempo, o que faz 80% das pessoas a evitarem, seja porque a acham estranha, seja porque tem medo dela. 75% do tempo nem parece que é uma Fada. Ela não liga que a evitem desde que tenha brigadeiro e Coca Cola por perto.


Arely (Arelyel) Erich Silva

Arely e sua franja cortada em casa xD
Protagonista do segundo livro que terminei (também em reescrita porque eta começo de narrativa estranha o desse livro), "Arely A Mensageira", primeiro da agora chamada "A Catedral", Arely é sincera até demais, e super amorosa com família e amigos, e no geral, é até que uma pessoa doce-bruta de ser. Mas também não gostou nem um pouquinho de ter de mudar para longe da parentada, o que faz ela ser meio grossa de vez em quando e não gostar de se misturar com os outros (PERSONAGEM BASEADA NA AUTORA PROCURA-SE). Apesar disso, a educação que recebeu dos pais impera na maior parte do tempo e a grosseria extrema e as palavras mais ácidas ficam reservadas para quem ela realmente detesta, os demais ela atura e é educada. Considera seu livre arbítrio seu bem maior, e abomina que ele lhe seja tirado de qualquer forma. Tem uma veia vingativa que costuma esconder muito bem e tem vontade de matar quando a chamam de "Arelyel". Ela realmente não gosta. A vida de Arely vira totalmente de cabeça para baixo e lhe oferece escolhas bem ingratas ao cair de gaiato no meio de uma guerra milenar que envolve diversos seres, e ela definitivamente muda como pessoa ao longo disso tudo.


Alanna Cruz Anderson

Uma pintura rápida da Alanna já meio antiga;
ela devia ter mais cara de mexicana e afins, mas falhei
Protagonista da série "Alanna", o primeiro livro "Os Sem Pele" está sendo postado no Blog. Alanna é uma Shaman, alguém capaz de interagir e comandar espíritos dos mortos, integrante da chamada "Ordem Stella Bianca", e cadeirante. Atualmente, é uma das Shamans de maior potencial, o que pinta um alvo nas costas dela que todos os necromantes com sede de poder podem ver. Amadureceu extremamente cedo por conta disso, procurando afiar sua inteligência, seus poderes e o que é capaz de
fazer para ser independente, e embora tenha seus momentos de leveza, normalmente é uma adolescente de recém-completados catorze anos relativamente dura em seu jeito de agir e se comportar, o que não combina muito com sua idade. Com as confusões recentes pelo roubo de prisioneiros sobrenaturais e perigosos da Stella Bianca, ela está definitivamente prestes a encarar um longo período de lutas para que seu poder continue sendo apenas dela mesma e de quebra não ceder às tentações dos mesmos.


Asa Surl'lain

Parte de uma ilustração com a Asa que estou
trabalhando já tem um tempo; ela tinha de ter a pele mais
escura, mas ainda sou meio ruim com tons variados de pele
Asa é uma das protagonistas de "Terra de Vidro", um dos meus livros em escrita e que não tenho previsões de liberar. Depois de se tornar uma órfã aos seis anos, junto do irmão e de uma prima, foi acolhida pela Ordem Zhuran, bem similar a Ordem dos Witchers (Geralt S2). Foi treinada desde criança para matar os chamados Seres do Espelho que ameaçam os humanos. Atualmente, com pouco mais de vinte anos, tem um humor ácido, um ego de Zhuran relativamente bem grande, é uma bela de uma boca suja, e passa por problemas de vício em álcool e alucinógenos produzidos pelos chamados Senhores. De quebra o Lobisomem que ela treinou para lutar com ela voltou a forma humana de alguma forma e a Ordem está agindo de forma estranha. A vida dela tá uma completa loucura e só vai piorar.




Giselle Costa Izakar

Primeiro desenho colorido que faço da Giselle; Foi difícil
conseguir o tom ideal de pele; a intenção era fazer parecer
que ela saiu não faz muito tempo de uma briga/aula meio
pesada xD
Parte do trio principal de "O Som do Sangue", livro que atualmente tenho escrito mais porque a história "me possuiu". Giselle demonstrou inteligência e capacidade físicas excepcionais quando criança, o que levou os figurões de sua família a investirem pesado em sua educação para que ela possa assumir o topo da administração dos negócios do conglomerado que os Izakar controlam. Extremamente inteligente, não é de falar muito se não achar necessário; é bem aberta com família e amigos próximos, mesmo que normalmente coloque seus sentimentos e emoções dentro de uma caixa mental, como foi ensinada para que o mundo dos negócios não a engolisse viva. É bem altruísta, e como normalmente não gosta de depender de ninguém, acrescentou ao treinamento aulas Krav Maga e manuseio de armas diversas - o lema da vida dela é "esteja preparado". Esse treinamento - especialmente a parte de sentimentos e emoções numa caixinha - veio muito à calhar quando foi, bem, sequestrada e jogada num ambiente consideravelmente perigoso.


Anya

Usei a lineart de uma ilustração em andamento da Anya; O resultado
final será muito diferente dessa pintura rápida pra postagem
Anya surgiu para um conto do "Sem Título" de tema histórico, e hoje em dia tem muito mais vida e importância. Esse conto é "O Zmaj" e pode ser lido aqui. Em "O Zmaj", ela é apenas uma criança, uma princesa russa querendo salvar seu povo de Napoleão, cheia de vida e alegria e capaz de se sacrificar. Mas ela cresceu, se tornou alguém mais séria e definitivamente sem senso de humor, embora ainda alegre e com aquela capacidade de se sacrificar. E poder. Ela definitivamente tem poder. E vai precisar de cada gota dele para o que preparei para o no mínimo livro solo, no máximo trilogia, ainda não consegui decidir direito a melhor divisão da história. Napoleão foi só a pontinha do iceberg na história dela. Anya S2




Amei escrever essa postagem S2 Foi difícil escolher as personagens sobre que falar, quando tenho facilmente uns cem personagens pra mais no total, mas gostei muito de dividir um pouco sobre elas com vocês :3