10 março 2017

Dia da Mulher - Doze Personagens Femininas Badass

Segunda postagem da "série" dedicada ao dia da mulher. Diferente da postagem anterior, respondendo a TAG do BLU, a postagem de hoje já foca em falar um pouco de algumas das minhas personagens favoritas (e que por consequência também são badass: elas tem de ser badass de alguma forma para entrarem na lista de favoritos). Foi difícil escolher sem sobrecarregar a postagem... .-.' Especialmente porque a minha lista de personagens favoritos tá sempre mudando...

Vai ter um pouco de repeteco da postagem do dia 8, mas vamos lá xD

E como eu não queria ficar apenas nos livros, lá vou eu para os jogos também xD

Finalmente fiz um banner para postagens mais gerais no estilo do que fiz para divulgar resenhas na página xD Syba com sua eterna cara mal humorada de "o que to fazendo aqui?"

Livros:

Gillian Grayson (Mass Effect Ascensão)

Gillian é uma das minhas personagens favoritas eternamente. Na resenha de Ascensão (aqui), eu falo sobre a história num todo e piro pelo fato de Gillian ser autista e uma parte integral do desenvolvimento da história. Vou pirar aqui de novo: Gillian é autista, se esforça para interagir com os outros, é uma biótica com um incrível potencial de poder, parte integral da história, e vai ser difícil alguém roubar o "posto" dela de "personagem favorita de Gabi"; eu sei que não mencionei ela na postagem da TAG Girl Power no quesito "Personagem Favorita", mas é que eu não queria dar repeteco nela depois em "Melhores cenas"; tem de dar uma chance para outras personagens brilharem xD


Karrin Murphy (Dresden Files)
A Murphy das HQs de Dresden Files.
Fonte
Murphy é uma personagem secundária que-sempre-salva-o-traseiro-do-protagonista em Dresden Files. Ela é uma policial, especificamente é líder da SI, Special Investigations (Investigações Especiais) de Chicago; os ostracizados da polícia que tem de "inventar desculpas" para explicar situações estranhas que ninguém quer saber a verdade sobre o que aconteceu por envolver o sobrenatural. Se lembro direito ela é faixa preta em karatê (ou alguma outra arte marcial), sabe manejar espadas e é boa pra caramba em tiro. Badass pra caramba. Baixinha, mas badass. E ai de quem insinuar que a altura dela a torna menos adequada ao que faz.


Cat Fisa (The Kingmaker Chronicles)
Fonte
Cat Fisa é a "Kingmaker", "Fazedora de Reis". Em seu universo, isso significa que ela tem o dom mágico de distinguir a verdade da mentira; é um dom raro que surge em média à cada duzentos anos. O problema desse dom é que ele se manifesta como dores quando ela ouve mentiras seguida do conhecimento mental da verdade, ou seja, é difícil de esconder. Ela também pode ficar invisível, se cura rápido e pode absorver os poderes mágicos de outras pessoas, mas isso já foi presentinho de seu padrinho divino, Poseídon. Ela é teimosa feito uma mula, tem uma língua afiada e definitivamente não quer ter nada com reis e afins - Cat passou por bons bocados nas mãos de uma rainha quando criança. É definitivamente uma ótima personagem, muito bem desenvolvida dentro do universo criado pela autora.


Alyss (Rangers - Ordem dos Arqueiros)
Fonte
Alyss é uma das personagens de Rangers Ordem dos Arqueiros; foi criada junto com o protagonista, como órfãos que eram, entretanto, enquanto Will passou a ser treinado para se tornar um arqueiro, Alyss foi acolhida e treinada por Lady Pauline nas artes da diplomacia. Ela não aparece tanto ao longo da série quanto outros personagens, mas quando aparece... Aaaah, a diplomacia S2 Alyss é definitivamente uma ótima personagem.


Vin (Mistborn)
Fonte
Vin é uma das personagens principais da trilogia Mistborn do "robô alienígena" Brandon Sanderson (piada de grupos de fantasia :P). Ainda não terminei dita trilogia, mas Vin é definitivamente badass; ela evoluiu muito desde o começo do primeiro livro, e cada vez que vejo ela lutando e sendo uma Nascida das Brumas, meu interior de fã de porradaria grita em deleite, porque ela entrega dita porradaria muito bem entregue.


Sybella (O Clã das Freiras Assassinas)

(Spoilers leves em relação ao primeiro livro a frente)
Sybella é uma das personagens do trio principal de "O Clã das Freiras Assassinas" (se contorce com a tradução do título ao lembrar do original). É no segundo livro, Divina Vingança (Porque não "Triunfo Sombrio", VeR? ç-ç) que ela ganha foco e sua história é contada. Ela passou por poucas e boas com sua família nobre antes de finalmente ir para o Convento de Saint Mortain, e é nesse livro que descobrimos tudo isso, por ter sido obrigada a voltar para eles para cumprir uma missão do convento. Ela é inteligente, implacável e muito bem construída e desenvolvida. Sua história pessoal é incrível e não é a toa que o livro dela é considerado por muitos como o melhor da série.


Jogos:

Meredith Stannard (Dragon Age 2)

Sim, Meredith também está na lista de personagens femininas favoritas e badass. Não apenas é uma antagonista que eu admiro, como uma personagem também. Tem nem muito o que falar, vai ser só repeteco da postagem do BLU xD


Tali'Zorah (Trilogia Mass Effect)
Fonte
Tali é uma de dois personagens de Mass Effect que acompanham Comandante Shepard por toda a sua luta contra os Reapers. No primeiro jogo, ela ainda está passando pela Peregrinação, uma jovem adulta, e é muito bom ouvi-la falar sobre seu povo, os quarians, e como ela sente a diferença entre a Frota Quarian e a Normandy. À partir do 2, após a Peregrinação e se tornar uma adulta de fato aos olhos de seu povo, ela demonstra cada vez mais sua inteligência aguçada para mecânica e suas habilidades em campo; não apenas isso, ela cresce ao longo da trilogia e se torna cada vez mais alguém capaz, que forma sua própria opinião sobre os Geth (Legion S2), que quer o melhor para o seu povo, e se possível, paz entre as duas espécies. Tali é incrível e a Bioware fez um ótimo trabalho com ela.


Miranda Lawson (Trilogia Mass Effect)
Fonte
Miranda surge à partir do segundo jogo da trilogia, como uma agente da Cerberus e segunda em comando de Shepard, além de ser quem o/a trouxe de volta a vida. Muitos fãs da saga e alguns personagens a chamam de "bitch" - Jack vai além e usa termos como "Cerberus bitch". A popularidade dela realmente não é das maiores, e isso se deve principalmente ao quase fanatismo dela para com a Cerberus e o Illusive Man no começo do jogo e sua admissão sobre querer que um chip de controle fosse colocado em Shepard. Entretanto, conforme o jogo avança, Miranda se mostra mais - sim, ela foi geneticamente moldada pelo pai, algo que interfere um bocado na visão que ela tem de si mesma e faz com ela exija muito de si própria, mas ela é inteligente pra caramba e muito capaz em uma luta e obviamente que não é apenas graças a ter sido literalmente criada de forma artificial. A missão de lealdade dela, onde salvamos a irmã geneticamente gêmea dela de ser encontrada pelo pai delas, é onde mais vemos o quão bem escrita Miranda é, e depois, durante a missão suicida, o quanto podemos influenciá-la e abrir seus olhos sobre a Cerberus, o que faz a personagem evoluir maravilhosamente bem.


Samara (Trilogia Mass Effect)
Fonte
Outra personagem de Mass Effect (prometo que é a última), e que como Miranda, se junta a Shepard durante o segundo jogo. Não se deixem enganar pela roupa, ela é uma Justicar, uma ordem de asaris dedicadas a aplicar a justiça; são inflexíveis e o dever e proteger inocentes vem acima de tudo. Gostaria muito que minha Shepard pudesse chamar Samara de "Mestra" ou algo assim, porque sempre me senti uma aluna perto dela, até tenho esse canon mental onde minha Shepard pediria a Samara para ser uma Justicar. Samara tem uma história muito bem escrita e muito tocante ao longo da trilogia, envolvendo suas filhas que possuem uma "deficiência" genética específica e perigosa das asari, e seu dever como Justicar, e eu realmente quase tive um treco na missão onde a reencontro no 3. Uma das melhores personagens para se ter lutando ao seu lado contra os Reapers.


Morrigan (Dragon Age)
Fonte
Morrigan é uma das personagens mais queridas de Dragon Age. Ela é uma maga apóstata, ou seja, fora dos círculos; aparece no Origins e em Inquisition, e ela muda muito entre eles, especialmente se ela tem o Kieran. Em Origins, ela é consideravelmente cruel com palavras, sem papas na língua, com uma visão relativamente diferenciada de mundo, e é relativamente complicado de travar amizade com ela - mas uma vez que tal amizade é travada, se torna uma amiga sincera, ainda cruel com palavras, mas sincera. No Inquisition, ela se torna um pouco mais suave nas palavras, e dá pra perceber como ela amadureceu e adquiriu mais conhecimento; ainda é extremamente orgulhosa e arrogante, mas é bem menos cruel. E se ela tem o Kieran... Gente... É lindo ver o quanto ela ama o filho S2


Calia Sakaresh (Enderal: The Shards of Order)
Fonte
Calia é uma dos dois companions de Enderal (pelo menos por enquanto; não sei o que a DLC Forgotten Stories nos trará). A personagem é muito bem escrita e cheia de personalidade emo pra dar e vender *apanha* É uma das integrantes da Ordem de Enderal, e enquanto é realmente alguém cheia de fé e que acredita nos preceitos das mesma, não se abala com a descoberta de que os deuses deles estão mortos; pelo contrário, meio que declara que a Ordem vai além deles. Não dá pra falar muito mais sobre o quão bem escrita ela é e seu desenvolvimento - aliás, muito bom - sem entregar alguns spoilers monstruosos e magníficos de Enderal, mas basta falar que descobrir finalmente a origem dela e de seu poder estranho e implacável provoca umas pontadas no coração.



Ufa! Esse post foi complicado! De escolher as personagens e de escrever sobre - vocês não sabem a minha depressão por não poder colocar fanarts legais para todas as personagens.

Essas são algumas das minhas personagens preferidas e badass que conheço e admiro. Espero que tenham gostado e que eu tenha meio que incentivado vocês a conhecê-las também! :D

Syba manda Beijos!