21 outubro 2017

Jogos: Vozes e Escuridão

E aí, pessoas?!

Ando sumida, eu sei, a vida de estudante de RI, mba, dois idiomas e Krav Maga, escrita e desenho é meio insana e meio "Socorro, o que faço?!". Peço mil desculpas por isso. O blog nunca irá ser desativado, mas que vai ser sempre um ritmo meio tartaruga, isso será. Mas prometo que não vai parar e inclusive tenho algumas ideias bem interessantes de matérias relacionadas à construção de mundos. Aos poucos vocês continuam ouvindo de mim.

Mas vamo que vamo.

A postagem de hoje é especial num certo nível. Mais uma postagem para a coluna de jogos, com uma estrela muito especial e que deu o que falar: Hellblade Senua's Sacrifice.

Fonte

01 outubro 2017

Resenha: A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil

Anya com seu olhar julgador me vendo divulgar livro-reportagem sobre fantasia mas não escrevendo meus livros :P
Editora: Metamorfose
Autora: Kátia Regina Souza
Páginas: 178

"- Falei que eu iria pensar. Reli o livro e fui vendo o que eu poderia fazer. Fui diminuindo. Notei algumas cenas que eu poderia tirar, separar, colocar no meu site como cena extra, que não eram realmente essenciais. Achei que ficou mais limpo, mais ágil e mais interessante, foi bom. Mandei o livro de volta para ele, que disse "Agora dá pra fazer o livro inteiro"." (pg. 90)

02 agosto 2017

Caco de Vidro 1 - Terra de Vidro: Estranho em uma Terra Estranha


“Enemy of mine,
I'm just a stranger in a strange land.
Running out of time,
We better go, go, go!
Angel or demon,
I gave up my soul,
I'm guilty of treason,
I've abandoned control”

“Inimigo meu,
Sou somente um estranho em uma terra estranha.
Correndo contra o tempo,
Melhor partirmos, partirmos, partirmos!
Anjo ou demônio,
Desisti da minha alma,
Sou culpado de traição,
Abandonei o controle”

(Stranger In a Strange Land — 30 Seconds to Mars)
                                               
Era o oitavo dia desde que Einar partira da Espelho Quebrado para Cilsan.

Era o oitavo dia de espera da Estalajadeira, mesmo com outros onze prováveis à frente.

Todos os dias, às vezes mais de uma vez ao longo das longas trinta e duas horas, ela colocava as cartas do Baralho de Vidro para saber como ele estava. Poderia ter visões sem tal auxílio, mas a Sybilla com quem fechara o pacto aparentemente vendara essa parte de seu dom para Einar momentaneamente.